PMA deve explicar venda de terreno da Emurb para a Secretaria de Educação

Habacuque, 15 de Abril, 2024

Um negócio que parece ser “comum” para muita gente, para alguns setores da sociedade soou muito “estranho” a venda de um terreno de propriedade da Prefeitura de Aracaju (leia Emurb) para a Secretaria Municipal de Educação (SEMED). A área em questão está situada no Bairro Coroa do Meio e o assunto ganhou repercussão após manifestação do vereador Ricardo Marques (Cidadania) na tribuna da Câmara Municipal e propagado pela jornalista investigativa Gleice Queiroz em seu blog.

É de se estranhar uma negociação envolvendo dois entes públicos, da esfera municipal, numa negociação que girou em torno de R$ 40 milhões, onde talvez não existisse dificuldade por parte do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) de enviar um projeto à Câmara cedendo aquela área, supostamente subutilizada. Geraria uma economia aos cofres públicos e, possivelmente, estes recursos poderiam ser investidos na qualificação de profissionais da Educação e na reestruturação de alguns espaços da SEMED.

Outro aspecto “curioso” é que esta negociação só ocorreu já no período pré-eleitoral e, consequentemente, no último ano de administração do prefeito Edvaldo Nogueira. Não soa bem este tipo de negócio, por mais que ele esteja dentro da legalidade exigida pela legislação. Já há, inclusive, quem defenda uma provocação formal junto aos órgãos de controle e fiscalização, considerando ainda que parte de um terreno da PMA, também na Corroa do Meio, já havia sido DOADO para a Polícia Federal em 2021.

Não se trata de acusar alguém indevidamente, mas como estamos falando de recursos públicos, de dinheiro do povo, não custa uma investigação ampla sim, com o acompanhamento dos vereadores na CMA, no sentido que a Prefeitura de Aracaju possa dar detalhes desta negociata envolvendo uma área que pertencia à Emurb e fora vendida à SEMED. É preciso saber a origem do dinheiro, as formas de pagamento, o que será feito na área e, principalmente, em que será aplicado o dinheiro da venda.

Talvez seja interessante, apenas como sugestão deste colunista, que a Comissão de Educação da Câmara Municipal e, se for o caso, até a Assembleia Legislativa, convoquem os dirigentes da Emurb, da SEMED e até o prefeito Edvaldo Nogueira para que todos possam discutir a viabilidade do negócio e a sua finalidade. O interesse público deve ser exaltado e levado em consideração sempre. O próprio vereador Ricardo Marques já solicitou informações.

Não custa lembrar que no momento em que a Secretaria de Educação (leia Edvaldo Nogueira) “torra” R$ 40 milhões em um terreno para construir a nova sede da SEMED, os professores denunciam situações precárias de trabalho, afetando a qualidade de ensino, quanto à estrutura de algumas escolas, como também pela falta de diálogo por um plano de carreira, piso salarial e Gratificação Especial de Atividade. E, como perguntar não ofende, a quem interessa esta obra mesmo? Sei não...

 

Veja essa!

Não custa lembrar que o prefeito Edvaldo Nogueira “vendeu” para a sociedade que recebeu uma prefeitura de Aracaju completamente sucateada do ex-prefeito João Alves Filho (in memoriam). Mas hoje em dia, em tempos de empréstimos milionários e volumosos recursos do Fundeb, parece que temos uma gestão rica, onde sobra dinheiro. Se fosse na gestão anterior, os “processos” movidos por uma turma do MPE certamente iam rolar...

 

E essa!

Uma fonte da coluna explica que não é comum ver um órgão público “vendendo” parte de um terreno, por exemplo, para outro órgão; geralmente isso se resolve com uma cessão; o próprio denunciante, o vereador Ricardo Marques revelou que, durante a pandemia, um terreno de 53 mil metros quadrados foi doado pela PMA à Polícia Federal.

 

Bomba!

Uma fonte do Palácio de Despachos, muito alinhada com o governador Fábio Mitidieri (PSD), confirma para este colunista uma informação que pode ser anunciada nos próximos dias: o secretário da Saúde, Walter Pinheiro, estaria “esvaziando as gavetas” para que em seu lugar assuma a primeira dama e secretária de Estado da Assistência Social, Érica Mitidieri. A fonte explica que tudo se encaminha neste sentido...

 

Olha a Katarina!

Este colunista já noticiou, setores governistas tentaram “abafar”, mas lá vai novamente: dentro da base aliada, nos próximos dias, deve ser oficializada a chapa Danielle Garcia (MDB) e Fabiano Oliveira (PP), pré-candidatos à prefeita e vice, respectivamente. Mas a “novidade” é que a deputada Katarina (PSD) parece fazer parte do plano do governador e será estimulada a manter seu nome na disputa pela PMA.

 

Exclusiva!

Fábio Mitidieri tem compromisso assumido com Edvaldo Nogueira sobre apoiar Luís Roberto (PDT) para a PMA, mas se ele não “emplacar”, a ideia do governador e do PSD seria fortalecer o nome da Delegada Katarina para a PMA, dando um “chega pra lá” em Edvaldo e seu “pupilo”. Como já dito por este espaço, lá na frente, em meados de agosto, não será surpresa se surgir uma chapa Katarina para prefeita e Danielle Garcia para vice. Tome nota...

 

Katarina & Danielle

A estratégia governista parece meio confusa, onde ao tentar enganar os adversários, o governo parece confundir o eleitorado. Katarina e Danielle devem seguir mais próximas nos meses seguintes. Parece não ter discurso para enfrentar as principais pré-candidatas na disputa e pode levar dois nomes para o sacrifício: o técnico e gestor Luís Roberto e o empresário e vereador Fabiano Oliveira. Vale refletir...

 

Perseguição

Nas redes sociais um assunto ganhou força no final de semana: a informação que o Diretor de Trânsito da SMTT de Aracaju supostamente por não ter interesse em disputar uma cadeira de vereador e decidir ajudar um mandatário que não vota em Luís Roberto para a PMA, foi exonerado do cargo “num estalar de dedos”. É mole?

 

Onda Azul em Itabaiana

De quem foi a genial ideia de colocar no mesmo palanque em Itabaiana, todo azul, o governador Fábio Mitidieri, o pré-candidato a prefeito Édson Passos e o pré-candidato a vice-prefeito Aguinaldo de Verso? A política de Itabaiana é “raiz”, já tem a tradição do Azul (Valmir de Francisquinho) e o laranja (Luciano Bispo), e a “estratégia” do marketing gerou muitos memes na cidade serrana. Dizer que se trata do PSD (azul) não cola, porque mesmo filiado à legenda, o experiente Luciano conservou o laranja.

 

Onda Azul x Fogaréu

O próprio Valmir de Francisquinho de forma assertiva correu nas redes sociais e tirou logo a sua “onda”, com o termo “original”; daí em diante na cidade o assunto era que este ano teremos a “Onda Azul de Valmir” e a “Onda Azul da Shopee”; uma dica aos marqueteiros: o principal evento de oposição à Onda Azul é o Fogaréu de Luciano Bispo, uma das manifestações mais tradicionais do município. E haja “água” para “apagar tanto fogo”...

 

Cadê o galeguinho?

Uma das ausências mais sentidas no palanque governista em Itabaiana foi o ex-governador Belivaldo Chagas (Podemos). Aliado de primeira hora de Luciano Bispo, o “galeguinho” não compareceu ao ato de lançamento da chapa Édson e Aguinaldo por Fábio Mitidieri.

 

Alô Laranjeiras!

Após o anúncio de que o ex-prefeito Paulão das Varzinhas (PL) é pré-candidato a prefeito de Laranjeiras, diversas lideranças comunitárias e políticas, insatisfeitas com o prefeito Juca de Bala, começaram a procura-lo para, possivelmente, apoiá-lo este ano. Paulão vai trabalhar para manter a unidade das fazendas Varzinhas e Boa Sorte, além da Usina Pinheiro.

 

Boa Sorte na vice

Paulão das Varzinhas esteve visitando alguns amigos na sede do município e sua presença atraiu muita gente que sente falta do “liso”; muito carismático e popular, o ex-prefeito foi muito abraçado e incentivado por moradores. Os rumores é que seu pré-candidato a vice-prefeito será indicado pela fazenda Boa Sorte, liderada pelos irmãos Zezinho e Alexandre Sobral e pela ex-prefeita Ione.

 

Alô Ribeirópolis!

Este colunista recebeu a denúncia acima de um morador de Ribeirópolis que denuncia este carro estacionado sobre a calçada, com frequência, e que supostamente estaria à disposição do prefeito da cidade. Logo quem deveria dar o exemplo! Mas até que faz sentido: Ribeirópolis não tem SMTT...

 

Falta de papel I

Após a saída da Waneska Barboza da secretaria de Saúde de Aracaju para disputar uma cadeira na Câmara Municipal, a realidade da Pasta veio à tona: o também pré-candidato a vereador, Lúcio Flávio (PL), junto com a pré-candidata à prefeita Emília Corrêa denunciam o desespero de moradores do Bairro Santa Maria: a suspensão do atendimento do posto de Saúde pela falta de papel ofício!

 

Falta de papel II

Estão reutilizando papéis usados para exames e prescrições médicas. Numa prefeitura tão “rica” e o atendimento ao público correr o risco de ser suspenso pela falta de papel? A verdade é que tem muita gente por aí exercendo funções públicas e sem cumprir o seu papel...

 

Maria é destaque

Num material produzido pela Agência Senado, a ex-senadora por Sergipe Maria do Carmo Alves (PP) aparece entre os destaques como a recordista no Brasil entre as senadoras por ser a recordista em ter sido eleita três vezes consecutivas para o cargo (1998/2006/2014). O material produzido por Guilherme Oliveira valoriza a participação feminina na Casa, desde a princesa Isabel, considerada a primeira senadora do País. Muitos podem ignorar ou não lembrar, mas a história jamais deixará esquecidos líderes políticos como Maria e o ex-governador João Alves Filho (in memoriam).

 

Laércio Oliveira I

O senador Laércio Oliveira (PP) fez um panorama de defesa do emprego na Reforma Tributária para empresários e profissionais do setor de serviços terceirizáveis de todo o país que se reúnem no “Encontro Nacional das Empresas de Asseio e Conservação” (ENEAC), promovido pela Federação Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços de Limpeza e Conservação (Febrac). Participaram do evento palestrantes renomados, autoridades dos poderes judiciário e legislativo, dirigentes sindicais, empresários e demais profissionais ligados ao segmento econômico de serviços especializados.

 

Laércio Oliveira II

O evento teve um público de cerca 800 participantes durante quatro dias de atividades, num ambiente propício para a troca de informações, networking e a realização de negócios. “A cada dois anos, o público tem a oportunidade de aprimorar conhecimentos, fortalecer laços e, acima de tudo, ser reconhecido pelo empenho e contribuição para o desenvolvimento do segmento de asseio e conservação”, afirmou Edmilson Pereira, presidente da Febrac.

 

Laércio Oliveira III

O senador Laércio Oliveira participou do painel ‘A Reforma Tributária e seu Impacto no Setor de Serviços’, juntamente com Nabil Sahyoun, presidente do Instituto Unidos Brasil (IUB) e o economista Marcos Cintra. O senador é autor da emenda do emprego a Reforma Tributária que propõe a desoneração da folha de pagamento para o setor de serviços. Ela dispõe sobre a obrigatoriedade de o governo enviar um projeto de lei reformando a tributação sobre os salários.

 

Laércio Oliveira IV

“É preciso uma equação que evite transferir para o setor de serviços uma elevada tributação, pois este é o setor que mais emprega no país. Os salários representam o principal custo dos setores intensivos em mão de obra e os elevados encargos sociais integram a base de cálculo dos novos tributos, a desoneração da folha será um importante fator de modulação da elevação da carga tributária”, observou.

 

Elber Batalha I

A situação dos canais da zona sul de Aracaju foi pauta do discurso do vereador Elber Batalha (PSB) na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). Ele fez questão de destacar as consequências da falta de estudos na construção da Orla da Praia Formosa que resultaram nos constantes alagamentos nos dias atuais.  

 

Elber Batalha II

Trânsito lento, carros evitando a região e lojas fechando as suas portas com chuva ou não. Essa é a realidade dos arredores dos bairros Salgado Filho e 13 de Julho não mais nos dias de maré alta como antes, mas ultimamente em vários dias. Por lá, a água do canal que corta a área sobe até com índices mais baixos. 

 

Elber Batalha III

Elber relatou o grande número de reclamações que chegam de moradores ou comerciantes. “Mas, a natureza cobra seu preço e nem sempre a cobrança é imediata. Recebo sempre relatos da região. O que já alagava quando chovia, agora alaga de todo jeito. São bares, restaurantes, lojas, condomínios e clínicas, pessoas que não sabem mais o que fazer com o que vem ocorrendo ali agora quase todo dia”, falou. 

 

Luciano Pimentel I

O deputado estadual Luciano Pimentel (Progressistas) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa para destacar que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) abriu uma consulta pública sobre o uso de produtos derivados de cannabis para tratamento do comportamento agressivo no Transtorno do Espectro Autista (TEA) na rede pública de saúde de Sergipe.

 

Luciano Pimentel II

A consulta pública foi aberta na última terça-feira (9), no site da SES, e estará disponível por um prazo de 30 dias corridos. O protocolo clínico  foi elaborado pelo Grupo de Trabalho Técnico-Científico criado em atendimento às diretrizes para implantação da Política Estadual de Cannabis para fins terapêuticos, medicinais, veterinários e científicos, instituída pela Lei nº 9.178/2023, de autoria do deputado estadual Luciano Pimentel.

 

Luciano Pimentel III

Em dezembro de 2023 foi lançado o primeiro protocolo para tratamentos de pacientes com epilepsias refratárias. Neste ano, baseado nas evidências científicas mais atuais, o grupo técnico está desenvolvendo o trabalho em relação ao comportamento agressivo no TEA. “Esse segundo protocolo foi anunciado durante a nossa sessão especial em celebração ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, que contou com a presença de técnicos da Secretaria de Estado da Saúde. Na ocasião, eles fizeram uma apresentação e enfatizaram o compromisso do secretário Dr. Walter Pinheiro com a implementação deste protocolo para o atendimento aos autistas", explicou Luciano Pimentel.

 

Olha a Sedetec!

Foi realizada uma importante reunião de monitoramento do Planejamento Estratégico que envolveu todas as vinculadas da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec). Técnicos da Subsecretaria de Planejamento e Monitoramento Estratégico da Secretaria Especial de Planejamento, Orçamento e Inovação (Seplan) estiveram na Sedetec para a atividade.

 

Valmor Barbosa

O secretário do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, Valmor Barbosa, ressalta que o planejamento estratégico impacta diretamente nas atividades realizadas pela pasta e suas vinculadas. "Reflexos do planejamento estratégico são ações como o Sergipe Day, lançamento de editais estratégicos pela Fapitec/SE, assim como projetos relacionados à energia. O sistema Sedetec, juntamente com suas vinculadas, está desenvolvendo ações e tomando decisões cada vez mais alinhadas com os objetivos estabelecidos pelo governador, o que consideramos um ganho significativo para nosso sistema", pontuou.

 

Planejamento Estratégico

O objetivo principal foi realizar uma análise detalhada e alinhar algumas metas e ações dos projetos da Sedetec e vinculadas no âmbito do Planejamento Estratégico do Governo do Estado. O diretor de Planejamento da Sedetec, Maurício Nascimento Filho, comparou o processo a um ciclo de retroalimentação, em que as atividades desenvolvidas são incorporadas e realimentadas para a base da organização, garantindo que os projetos da Sedetec estejam alinhados com as metas estratégicas do governo.

 

Vértice, o Retorno!

Sucesso de público em seus shows de 2019 até 2022, a banda Vértice se prepara para voltar aos palcos. O grupo marca pela forte identidade de palco e performance musical de seus membros. Com influências em vários estilos ligados ao rock n’ roll, a Vértice pretende não só matar a saudade de quem viveu o auge do estilo no Brasil, mas trazer uma proposta nova no atual cenário da música sergipana. Além disso, sempre foi um dos objetivos dos integrantes levantar questões que façam o público pensar e analisar as questões sociais e históricas que constroem a história da humanidade.

 

Fala Luis!

“Nosso repertório para shows é escolhido dentro de uma temática onde o objetivo principal é construir uma ponte que leva ao nosso público o estado de espirito que estamos vivenciando naquele momento. Esta construção pode ser realizada tanto com material de outros artistas como com nosso material autoral que inclusive, estamos disponibilizando aos poucos. Agindo assim, imaginamos que nosso público possa entender o que estamos sentindo e pensando naquele momento”, avalia Luis Alberto, vocalista da Vértice.

 

“Simples Assim”

Na labuta desde 2002, seu currículo possui apresentações diferenciadas, muitas construídas de forma dependente de vários parceiros comerciais tarefa que não é fácil para qualquer banda construir. Em breve, a Vértice iniciará sua nova turnê denominada “Simples Assim”, que tem como objetivo apresentar seu show em algumas cidades escolhidas a dedo das terras do Cacique Serigy. Na ocasião, deverá lançar em canais de streaming seus primeiro EP com músicas autorais que terá o mesmo nome da turnê, fortalecendo a identidade autoral da banda.

 

Vértice nos Teatros!

Por último está nos planos da Vértice a volta aos Teatros de Sergipe e estados vizinhos, objetivando apresentar um novo conceito de show que certamente levará o público para uma experiência diferenciada quando se trata de produção musical pensada e trabalhada em terras nordestinas. “É a Vértice sendo ela mesma, ousadia justificada para um cenário que precisa entender que Sergipe é o país de todos os ritmos, onde os espaços têm que estar abertos para todos os estilos musicais. E viva o Rock n’ Roll!”, conclui Luis Alberto.

 

Eleição na ABIH/SE

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Sergipe (ABIH-SE) realizou a eleição para a composição da nova diretoria para o biênio 2024-2026. O presidente reeleito, Antônio Carlos Franco, assume o cargo pela quarta vez, demonstrando a confiança e o apoio dos membros da associação em sua liderança.

 

Chapa única

A eleição ocorreu em chapa única, sinalizando um consenso dentro da entidade. Esse resultado representa um voto de confiança na atual gestão e indica a continuidade das políticas e estratégias que vêm sendo implementadas nos últimos anos.

 

Antônio Carlos Franco

“É uma honra poder continuar servindo a ABIH-SE e representando os interesses de todos os envolvidos na indústria hoteleira do nosso estado. Nosso compromisso renovado é com a divulgação e promoção do destino Sergipe. Acreditamos que ao fortalecer a imagem e os atrativos turísticos de nossa região, estaremos não apenas aumentando a ocupação dos hotéis, mas também gerando mais empregos, renda e contribuindo para o desenvolvimento econômico de Sergipe”, declarou ACF.

Diretoria
Além da presidência, a nova diretoria é composta pelo vice-presidente, João Paulo Andrade, do Hotel Del Mar; o segundo vice-presidente, Emanuel Teles, da Rede Real de Hotéis; a diretora administrativa, Kátia Pimentel, do Xingó Parque Hotel; o vice-diretor administrativo, Emmanuel Moraes, do Hotel San Manuel; o diretor financeiro, Alessandro de Oliva, do Hotel Aquários; e o vice-diretor financeiro, João Menezes, do Hotel Arcus.

 

Casaca de Couro I

A possível concessão da Deso é um dos assuntos mais comentados em Sergipe, em especial, na política. E o líder sindical e músico Joaquim Casaca de Couro, pré-candidato a vereador da capital, manifestou sua posição contrária à entrega da companhia à iniciativa privada, apontando ainda os malefícios que a “privatização” pode trazer. 

 

Casaca de Couro II

“Levar água aos mais pobres não é um compromisso de uma empresa privatizada. O compromisso dela é com os lucros. Já a empresa pública é quem tem compromisso com o social. A Deso enquanto empresa pública tem compromisso com o meio ambiente e com a sociedade”, afirmou Casaca de Couro.

 

Casaca de Couro III

O sindicalista também reforçou seu apoio aos servidores da empresa. “Nosso total apoio aos companheiros e companheiras da Deso e à sociedade sergipana. Meu compromisso segue firme na luta pelo trabalhador e por uma sociedade mais justa para todos. Juntos, podemos construir um futuro melhor”, enfatizou Casaca.

 

Plano Diretor

Ainda em sua fala, Joaquim Casaca de Couro voltou a defender a atualização do Plano Diretor de Aracaju. “Precisamos revisá-lo, considerando, entre tantos fatores, a preservação ambiental e o uso consciente dos recursos hídricos. Preservar o meio ambiente é garantir o direito à vida. Que essa reflexão inspire ações concretas. Juntos, podemos preservar nossas águas e construir um futuro mais justo” finalizou o sindicalista.

 

Carlos Magalhães I

O escritor e biógrafo Antônio Camilo lançou a obra “Carlos Magalhães – Pode me chamar de Magá que eu não me incomodo”, idealizada pelo empresário Carlos Alberto Menezes Luduvice, diretor-presidente da Heca Construtora e da Urbane Incorporadora. O lançamento da biografia de Carlos José Magalhães de Melo, popularmente conhecido como Magá, ocorreu no Museu da Gente Sergipana, em Aracaju.

 

Carlos Magalhães II

O evento reuniu autoridades, convidados especiais e colaboradores da obra, que possui um vasto acervo fotográfico e cartoons. Juntos, fotografias e desenhos compõem as páginas da biografia, que retrata a trajetória do sergipano Magá, um radialista, cronista e um dos nomes mais importantes do jornalismo esportivo do estado.

 

Carlos Magalhães III

A vida de Magá, considerado o maior nome da crônica esportiva de Sergipe, é contada através em 350 páginas da obra e conta com depoimentos de admiradores como, o governador Fábio Mitidieri, o ex-governador, Antônio Carlos Valadares, a ex-senadora Maria do Carmo do Nascimento Alves, o reitor da UNIT Jouberto Uchôa de Mendonça, o procurador aposentado do MPE, Eduardo Cabral Menezes, o jornalista Mozart Santos, além de diversos radialistas e cronistas esportivos.

 

Agradecimento

Aos 86 anos, Magá se diz agradecido pela homenagem e comenta sua relação com o radiojornalismo esportivo. “Eu agradeço a Carlos Luduvice e a Heca pela edição do livro, que é contado sobre minha carreira e em vida. Atuei no rádio desde os 18 anos de idade e, como sempre digo: o tempo passa, torcida brasileira! Meu slogan ‘Pode me chamar de Magá que eu não me incomodo’, pegou e todo mundo fala. Hoje sinto-me agraciado com a quantidade de amigos que chegaram aqui para prestigiar o evento. Sei que todas as edições vão esgotar, porque é um testemunho da minha história para a comunidade sergipana”, comemora.

 

Faculdade Ages I

A última semana foi de comemoração para alunos, educadores e toda a comunidade acadêmica da Ages, instituição integrante do Ecossistema Ânima. O campus presente na cidade baiana de Paripiranga recebeu nota 4 no Índice Geral de Cursos (IGC), avaliação realizada pelo MEC e que evidencia a qualidade institucional. A divulgação foi realizada pelo Ministério da Educação (MEC) e Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).  

 

Faculdade Ages II

O IGC é uma das avaliações mais importantes que uma instituição de ensino superior pode receber, pois ela é uma média ponderada das avaliações dos programas ofertados. O MEC considera as últimas notas de cada curso para chegar à nota do IGC: quanto melhor os cursos forem avaliados, melhor será o desempenho da instituição no IGC. Também considera indicadores como Conceito Preliminar de Curso (CPC), distribuição de alunos em diferentes níveis de escolaridade (graduação e pós) e o Enade.  

 

Faculdade Ages III

O índice máximo que um centro de ensino pode receber é cinco e instituições que recebem o conceito quatro também estão no patamar de excelência educacional. No cenário Bahia, a unidade de Paripiranga alcançou umas das melhores notas entre as instituições privadas do estado.  

 

Farolândia Futebol Clube I

Criado em 19 de novembro de 2022, o Farolândia Futebol Clube assumiu a liderança do Campeonato Sergipano de Futebol Quarentões Série A 2024, competição que conta com 20 equipes. No final de semana, jogando no “Francão”, o Farolândia empatou em 0X0 com a equipe do Lourival Baptista e chegou aos 10 pontos em quatro partidas realizadas.

 

Farolândia Futebol Clube II

A equipe é formada por atletas que nasceram e vivem na comunidade e que sentem orgulho de levar o nome do bairro Farolândia e do Conjunto Augusto Franco por todos os cantos do Estado. O time conta com o apoio dos comerciantes da região e em 2023, seu primeiro ano de atividade, já obteve o acesso da Série B para a Série A do Campeonato Estadual de Quarentões.

 

Farolândia Futebol Clube III

Na próxima rodada o Farolândia Futebol Clube vai enfrentar o time do São Paulo de Laranjeiras, partida que será realizada no campo do Sesi, na entrada daquele município, no próximo dia 27. O planejamento agora é preparar a equipe para tentar conquistar mais três pontos e manter a liderança do Estadual de Quarentões.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

O que você está buscando?

mgid.com, 539646, DIRECT, d4c29acad76ce94f amxrtb.com, 105199704, DIRECT