Muita política e pouca conscientização! Brasil sofrerá com mortes e quebradeira!

Habacuque, 25 de Maio, 2021

A corrida presidencial de 2022 já se iniciou e temos um cenário político brasileiro completamente polarizado entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) – que deve disputar a reeleição – e o ex-presidente Lula (PT), que recentemente, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), findou sendo beneficiado, tendo-lhe garantido os direitos políticos. Hoje fica difícil acreditar que mais alguém tenha chances de disputar e ganhar uma eleição contra os dois ou contra um deles.

Por mais criticado que esteja sendo o presidente Bolsonaro por parte da “grande mídia brasileira”, para este colunista há um “excesso demasiado” por parte de alguns veículos de comunicação que não escondem o desejo de tentar derrubá-lo do cargo que ocupa, após ter sido eleito pelo voto democrático da maioria do eleitorado em 2018. Certo ou errado, ele continua muito popular e arrasta multidões por onde tem passado. É um cenário a se considerar...

Bolsonaro mantém sua parcela do eleitorado fiel a ele e ao seu governo e, desde já, em qualquer levantamento feito, independente do cenário colocado, ele estaria no 2º turno de uma nova eleição presidencial, ou seja, a parcela dos partidos de centro não consegue formalizar uma pré-candidatura competitiva para o Brasil que faça frente a essa polarização. Legendas tradicionais como DEM, PSDB e MDB, desta vez, ficarão em segundo plano, com poucas chances de ganhar a eleição...

Na outra ponta dessa construção política e eleitoral, temos uma população brasileira sufocada com tantas mortes nessa pandemia do novo coronavírus (COVID-19). A discussão de que faltam vacinas não é tão convincente, considerando que o governo federal, através do Ministério da Saúde, já enviou mais de 90 milhões de doses para os Estados e Municípios, mas o número de vacinados passa de apenas 57 milhões, ou seja, há muita lentidão nesse processo de imunização...

Junto com tantas mortes, temos uma parcela significativa de pessoas desempregadas, passando dificuldades financeiras e até fome. Famílias espalhadas pelas praças, sinais de trânsito, desabrigadas. Não há emprego, a prestação de serviços está comprometida, os autônomos sofrem com a crise e muitos empresários ficaram seriamente prejudicados ou tiveram que encerrar as atividades com tantas medidas restritivas. A “QUEBRADEIRA” é geral, infelizmente...

Mas, antes de concluir é preciso reforçar a importância que a imprensa tem em todo esse processo, quando deveria ajudar mais, insistir na conscientização das pessoas, mas insiste em reforçar uma discussão política antes da hora. Esse trabalho não foi feito durante o “afrouxamento” das medidas restritivas e agora, vivemos o risco iminente de uma “terceira onda” e ainda mais letal da pandemia. Esse, inclusive, é o papel social da imprensa. O povo precisa de mais informação e menos militância...

 

Veja essa!

É cansativa a discussão da “grande mídia” em atacar o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido); quem o apoia, não considera mais o que lê e ouve; quem o condena, não se move mais por narrativas repetitivas e enfadonhas. Tudo é posto nas redes sociais, que quebraram o monopólio da informação...

 

E essa!

O que muita gente não tem coragem de dizer e este colunista pontua é que as pessoas parecem um pouco menos interessadas em política e, quando a “grande mídia” simplesmente faz “mais do mesmo”, a opção ou é trocar de canal ou até desligar o aparelho de rádio ou televisão.

 

Informação x Política

A crítica aos colegas de imprensa é dura, mas necessária porque estamos nos aproximando, rapidamente, para uma “terceira onda” da pandemia, ainda mais letal, com afrouxamento das medidas restritivas. Aquela informação preciosa, que pode salvar vidas e conscientizar, continua politizada e comprometida.

 

Galeguinho, galeguinho...

Durante o anúncio de obras no município de Simão Dias, o governador Belivaldo Chagas (PSD) foi flagrado pela turma da oposição circulando sem máscara e sem isolamento na cidade. O registrou ganhou as redes sociais e gerou muita polêmica. Boa parte da imprensa silenciou. Se fosse Jair Bolsonaro...

 

CPI de Renan

Ainda dentro do “cansaço” que existe na repetitiva narrativa contra o presidente da República, percebe-se que boa parte da população praticamente ignora a CPI da pandemia do Senado Federal. Para quem sonhava como “holofotes”, o descrédito ganha cada vez mais força. Uma CPI com Renan Calheiros (MDB/AL) na relatoria não convence, convenhamos...

 

Escândalo!

Repercutiu enormemente a informação sobre um clube tradicional sergipano, divulgada em nossa última coluna, onde recursos públicos foram aplicados de forma indevida, com muita “maquiagem” em sua prestação de contas! Há quem diga que se trata de um dos maiores escândalos já vistos em Sergipe.

 

Apurando

Todas as informações colhidas até o momento por esse jornalista foram comprovadas, mas este espaço continuará acompanhando o desenrolar dos fatos e deixará a sociedade e os contribuintes sergipanos atualizados de todas as ocorrências, muito em breve. É esperar para ver...

 

Exclusiva!

Como em Sergipe todo mundo se conhece, outro caso que chama atenção é sobre os “cargos comissionados” que teriam recebidos rendimentos em duplicidade, nomeados em um órgão público (o Diário Oficial comprova) e simultaneamente eram funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviços para o mesmo órgão.

 

Que histórico!

Chama a atenção o “histórico” de uma servidora, suspeita de ter cometido vários desmandos envolvendo recursos públicos, além do benefício pessoal irregular (ela recebeu duas vezes no mesmo período), compõem um “dossiê” que, no mínimo, em um Estado onde se aplicam as leis, essa “cidadã” estaria presa...

 

Bomba!

Falando em prisão, tem um gestor maior de um órgão público que estaria ameaçando e coagindo seus subordinados a assinarem documentos e praticarem atos, sob a argumentação que tem gravações que os incriminam!

 

Olho nele!

Covarde e mentiroso (como é conhecido no ambiente de trabalho), o gestor só está esquecendo de um pequeno detalhe: em caso de algum ato ter sido realizado de forma equivocada, existem inúmeros documentos e gravações que o colocam como o primeiro responsável por supostas irregularidades cometidas! E não adianta vir com “mi-mi-mi”, e nem mudar o rumo da conversa, que como já dizia um grande político do nosso Estado, “contra fatos não há argumentos”!

 

Deu sopa!

A ex-candidata a prefeita de Nossa Senhora do Socorro, Eliana da Sopa, é a nova integrante do partido Cidadania em Sergipe. Ela assinou a ficha de filiação em um pequeno ato realizado na sede do partido. Eliana da Sopa se colocou à disposição do partido para disputar as eleições em 2022.

 

Fábio Henrique I

O deputado federal Fábio Henrique (PDT) está sendo vítima de um golpe feito a partir de um número de Brasília: (61) 99647-9856 que se passa pelo parlamentar. Através de mensagens, os golpistas pedem dinheiro para o transporte de cestas básicas, utilizando o nome da CONAB e de um assessor especial do Ministério do Desenvolvimento. 

 

Fábio Henrique II

Na manhã dessa segunda-feira (24), infelizmente, uma pessoa caiu no golpe e acabou transferindo R$ 1.200,00 para transporte de kits de alimentação. “Quero advertir aos meus contatos que se alguém receber uma mensagem ou ligação de alguém se passando por mim, ou pedindo dinheiro, deligue e bloqueie o número imediatamente. Não pedimos dados pessoais, tampouco dinheiro por telefone”, alertou. A assessoria jurídica do parlamentar já está tomando todas as providências sobre o caso.

 

Gilmar Carvalho I

Dando continuidade às solicitações que o deputado Gilmar Carvalho já havia feito à CODEVASF (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do Sâo Francisco e do Parnaíba), o parlamentar achou por bem acrescentar novos itens que, segundo ele, são de extrema relevância.

 

Gilmar Carvalho II

Gilmar havia solicitado informações sobre as emendas parlamentares ao orçamento de 2020, destinadas as ações executadas pela CODEVASF no Estado de Sergipe, bem como os autores dessas emendas, o valor de cada uma delas e o detalhamento de sua execução. No novo ofício o parlamentar incluiu informações acerca das emendas de bancada, individuais e do relator, com todos os autores, valor de cada uma e detalhamento da execução.

 

Janier Mota I

Preocupada com o bem-estar dos cidadãos sergipanos que sofrem sequelas devido à Covid-19, a deputada estadual Janier Mota (PL) solicitou ao Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Saúde, a ampliação de equipe de profissionais da saúde para a reabilitação física e psicológica de pacientes pós-Covid. O pedido foi feito por meio de indicação protocolada na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese).

 

Janier Mota II

Também através de indicação protocolada na Assembleia, a parlamentar requereu ao Governo do Estado a implantação de um espaço destinado à reabilitação pós-Covid no futuro Centro Especializado em Reabilitação tipo IV (CER IV) – que será inaugurado em breve –, com equipe composta por fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, além de médicos pneumologistas e psiquiatras.

 

Janier Mota III

Por meio de sessões de fisioterapia, por exemplo, a reabilitação serve tanto para aqueles que passaram por hospitalização prolongada – intubação – quanto para aqueles que tiveram a Covid-19 de forma mais branda, mas, mesmo assim, sentem dificuldade respiratória ou dificuldade para realizar atividades diárias, uma vez que a doença não atinge apenas o pulmão, mas também todo o corpo, gerando, muitas das vezes, uma fraqueza muscular generalizada.

 

Sequelas graves

“É sabido que a Covid-19, infelizmente, causa sequelas gravíssimas em alguns pacientes e a procura por serviço especializado aumentou, significativamente, desde o início da pandemia, em virtude da “síndrome pós-covid”, que pode abranger o comprometimento neurológico, motor, respiratório ou cognitivo. Por esta razão, protocolei na Assembleia Legislativa indicações pedindo ao Governo do Estado que amplie o atendimento para pacientes que necessitam de reabilitação pós-Covid”, informa Janier Mota.

 

Qualidade de vida

Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia, a deputada destaca que o seu pedido visa garantir mais qualidade de vida aos cidadãos após o ciclo da Covid-19. “Por meio de assistência de saúde multidisciplinar, os pacientes podem retornar de forma mais breve a sua vida produtiva, de trabalho e lazer”, reforça a parlamentar.

 

Audiência Pública

A Câmara Municipal de Aracaju (CMA) realizou a pedido do vereador Ricardo Marques (Cidadania), uma Audiência Pública que discutiu sobre as medidas adotadas pela Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) com relação ao transporte público durante a pandemia. Como requerente, Ricardo Marques presidiu a audiência e lamentou a ausência de algum representante da PMA.

 

PMA não foi!

“Infelizmente não contamos com a presença de nenhum membro da prefeitura de Aracaju, nem da SMTT. Remarcamos a data desta audiência várias vezes para que houvesse a participação de alguém da prefeitura, mas, mesmo assim, não se fizeram presentes. Porém, não impediu que obtivéssemos um resultado positivo, com boas sugestões dos presentes”, avaliou Ricardo.

 

Lysandro Borges

De acordo com o professor da Universidade Federal de Sergipe, Lysandro Borges, há a necessidade de realizar a testagem em massa dos motoristas e cobradores. “O professor Lysandro disse que essa testagem é necessária para fins de estudo e não obteve resposta da prefeitura, nem das empresas de ônibus. Isso é muito preocupante! Vivemos um ano e três meses de pandemia e nunca houve uma ação da prefeitura de Aracaju com o intuito de realizar os testes da Covid-19 nos motoristas, cobradores e passageiros nos terminais”, afirma Ricardo Marques.

 

Euza Missano

A promotora Euza Missano explicou sobre as manifestações do Ministério Público Estadual realizadas desde o início da pandemia. “Desde a primeira onda que o MP tem feito tratativas tanto com a SMTT quanto com o Setransp buscando alternativas, principalmente sobre a super lotação dos terminais de integração e dentro do próprio transporte. Diante da não possibilidade de composição, o MP ajuizou ações na justiça para o cumprimento do decreto do governo”.

 

Sugestões I

Da audiência foram recolhidas as seguintes sugestões: Que a prefeitura de Aracaju realize o mapeamento e testagem de motoristas, cobradores e passageiros, realize uma melhor organização nos terminais, através do comitê, discutir melhor o escalonamento, aumentar a frota em horário de pico, realizar uma parceria com vans e ônibus do transporte escolares para auxiliar no transporte de passageiros e realizar a distribuição de máscaras nos terminais de integração.

 

Sugestões II

Foi sugerido ainda a revisão, redução e isenção de impostos das empresas de transporte coletivo, uma ajuda de custo por parte da prefeitura para as categorias que dispõe da gratuidade, além da redução do ICMS do Diesel por parte do governo do estado.

 

Ricardo Marques

Para o vereador Ricardo Marques uma das expectativas da Audiência Pública era obter os números oficiais sobre o resultado das medidas adotadas. “A prefeitura virou as costas para a população de Aracaju que usa o transporte público. Nossa ideia era ouvir, discutir e sugerir. Mesmo assim, conseguimos reunir boas sugestões dos participantes, estarei elaborando um documento com estas sugestões para levar até a SMTT”, garantiu.

 

Sheyla Galba I

A vereadora Sheyla Galba (Cidadania) realizou uma visita ao Hospital São José, em Aracaju, para verificar o andamento das obras de ampliação da unidade, incluindo os novos leitos de UTI para Covid e a instalação de um novo tomógrafo de 64 canais. A parlamentar estava acompanhada do senador Alessandro Vieira (Cidadania) e da deputada Kitty Lima (Cidadania).

 

Sheyla Galba II

“Agradecemos a receptividade da direção do Hospital São José que nos mostrou toda a estrutura, incluindo os novos 18 leitos de UTI que servirão para pacientes com Covid-19 e que estão aguardando apenas os respiradores para começarem a funcionar. É importante que a Prefeitura de Aracaju e o Governo de Sergipe façam sempre os repasses financeiros contratualizados em dia para que o São José, de extrema importância para a Saúde do nosso estado, mantenha suas atividades”, afirmou Sheyla Galba.

 

Novo tomógrafo

Ainda na visita, os parlamentares tiveram acesso ao local onde está sendo instalado o novo tomógrafo de 64 canais do hospital, doado pela Siemens e pelo banco Itaú via Ministério da Saúde. “Um aparelho de extrema importância para a Saúde, pois garante exames de diagnósticos mais precisos”, ressaltou a vereadora.

 

Sem informações

“Vale lembrar que teríamos dois destes se o Hospital de Cirurgia tivesse recebido o dele. Lamentavelmente, diferente da Saúde de Aracaju, a Saúde estadual não repassou as informações necessárias. Ainda bem que teremos pelo menos um”, complementou Sheyla.

 

ADESCRITA 

No sábado (22), dia de Santa Rita de Cássia, foi constituída a ADESCRITA (Associação de Desenvolvimento Social e Cultural Santa Rita), que funcionará com sede provisória no Bairro Santo Antônio. A ADESCRITA tem como objetivo representar os interesses dos associados, promovendo apoio social, psicológico, jurídico e cultural para toda a comunidade. 

 

Júnior Santos I

A entidade visa, além do apoio e suporte aos associados e comunidade em geral, atuar no controle social, incentivando o poder público a adotar ações para o enfrentamento das doenças e desigualdades. O presidente eleito, Junior Santos, destaca que, para o enfrentamento às epidemias, muitos resultados e políticas públicas só foram conquistadas a partir da mobilização social. 

 

Júnior Santos II

“Nós temos consciência de que a pandemia vai ter consequências duradouras, ela não vai terminar de uma hora para outra. Vamos ter que trabalhar unidos órgãos e associações da sociedade civil, afim de diminuir sequelas deixadas pela pandemia em curso. Teremos pessoas desempregadas, pessoas desassistidas e queremos que o Estado esteja preparado para receber essas pessoas”, pontua o presidente. 

 

Lúcia Cristina

A vice-Presidente Lucia Cristina, destaca que “é preciso dar apoio as pessoas em situação se vulnerabilidade e esse é o nosso desafio”, apoiando vítimas e familiares atingidos pela COVID 19, ou seja trabalhar no sentido de minimizar os efeitos da Pandemia. 

 

Adriana Santos

Para a secretária Adriana Santos, que é Assistente Social, a Associação nasce com o desejo de promover debates sobre as doenças e as consequências físicas, psicológicas e cognitivas deixadas por ela, bem como defender a saúde pública, o SUS, apoiar a pesquisa e desenvolvimento de ações de enfrentamento às doenças. 

 

Acidentes domésticos

Durante a pandemia, um dado preocupante foi verificado: o aumento dos acidentes domésticos. Crianças e idosos estão entre as principais vítimas. Segundo o Ministério da Saúde, 70% dos acidentes acontecem nas residências, no entanto, as quedas podem ser evitadas através de cuidado redobrado e algumas adaptações na arquitetura do ambiente familiar. 

 

Ferreira Costa I

A dica do Home Center é o deixar o ambiente mais favorável para as crianças e os idosos. Redes ou grades, em todas as janelas. Produtos de limpeza e remédios precisam ser guardados fora do alcance das crianças, além de objetos de enfeites pontiagudos. Importante também ter cuidado com as estantes, principalmente para as crianças, que podem subir e cair. 

 

Ferreira Costa II

A Ferreira Costa aconselha que os tapetes e mesas de centro podem ser vilões das pessoas idosas, e aumentam o risco de acidentes. As mesas de centro devem ficar próximas de alguma das paredes e os tapetes podem ganhar fixadores de silicone nas pontas. Nos banheiros, o cuidado também precisa ser redobrado.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

 

O que você está buscando?