ÁLCOOL E SEXO: TUDO A VER?

Carlos Braz, 18 de Março, 2023 - Atualizado em 18 de Março, 2023

 

ÁLCOOL E SEXO: TUDO A VER ?

Por Carlos Braz 

Que atire a primeira pedra quem de nós nunca tomou alguns drinks a mais, seja para dizer a uma garota que a queria como sua namorada, para chamar aquela deusa do baile cortejada por todos para dançar, ou no momento fatal daquela pergunta presa na garganta: vamos a um motel?

Pois é. O álcool sempre esteve presente nesses momentos cruciais, em que um “não é não” pode significar o final infeliz de uma noite promissora tão esperada e planejada. São passagens das nossas vidas que ficam escondidas no escaninho da memoria, e vez por outra emergem, nos fazendo voltar no tempo.

Desde os tempos da vovozinha o álcool parece ser o ingrediente perfeito para espantar a timidez. Aquele gole decisivo é a chave para liberar os instintos enrustidos em nossas almas libidinosas.  Desde o elitista uísque até a cachaça tradicional, a pinga, cada um se vira como pode no momento da investida final  em busca do objetivo.

A birita é o único aditivo legal para turbinar uma noitada , já que é  encontrado facilmente em qualquer lugar, ao contrario da maconha, cocaína e drogas sintéticas. Mas atenção: é preciso não exagerar na dose para que o sonho tão desejado de conquistar a gata e leva-la à loucura entre quatro paredes não se transforme em um pesadelo, que pode até acabar em uma delegacia.

São muito comuns os relatos dos que passaram da medida, e no momento tão esperado estavam chapados. E com o vexame concretizado não tiveram outra saída a não ser sair pela tangente. A  frustração de um momento meia bomba na hora H é inevitável  e demora a ser assimilada,  ainda mais se o triste espetáculo de um bilau envergonhado for acrescido de uma dose de vômito mal cheiroso.

Hoje com as mudanças culturais da nossa sociedade, as mulheres também adentraram de cabeça ao universo etílico, e frequentam as baladas, desfilando com elegância por entre copos de cerveja, vinhos, coquetéis dos mais variados, destilados e outras variações altamente embriagantes, como a tequila e a vodca.

Esses novos tempos as colocam no mesmo patamar masculino quando o tema é sexo e conquista. Com desenvoltura, paqueram à vontade e são capazes de encorajarem os mais tímidos com olhares sedutores e recadinhos atrevidos. Mas também, correm o mesmo risco de apagarem na hora da transa, principalmente as que não têm tantas experiências com o álcool, e o pileque chega quando menos se espera. Mas como o brinquedo delas é de encaixar e o nosso é de armar o risco de um vexame é menor.

 Independente da capacidade do moço para mante-la acordada ela  simplesmente faz o que se espera em uma situação dessas. Apaga de vez e só acorda na manhã seguinte.

Nos dois caso a sensação de que pisou na jaca é resistente, assim como a dor de cabeça. A procura de uma justificativa convincente aumenta a tensão e nessa hora  o melhor é ser direto. O zap está aí para salvar os envergonhados. Por pior que seja, o constrangimento esses acontecimentos inesperados traz o amadurecimento para nossa bagagem sexual.

Nos dias atuais, contudo, o outro lado da moeda não passa despercebido. Nesse contexto a bebida alcoólica está diretamente relacionada com os casos cada vez mais frequentes de estupros, importunação sexual, e outros delitos no âmbito das relações a dois. O marido, o amigo, o namorado, o ficante e o garoto bonito da balada, tudo o que parece pode não ser.

Beber e transar é bom, contudo,  é fundamental não perder a noção do que é permitido ou não. Já as mulheres precisam ficar atentas para não se tornarem vitimas. As abordagens indesejadas e os toques sem consentimento indicam que é hora de pedir ajuda a alguém imediatamente.

As grandes casas noturnas baladas europeias e algumas do Brasil já desenvolveram sistemas de proteção às mulheres nesse caso, o que vem impedindo situações onde alguém é forçado a fazer algo que não quer. Pode-se abusar da bebida desde que não abuse das pessoas  que não conseguem responder pelas próprias decisões, principalmente a de transar, em um momento em que tudo que precisam é de um sono restaurador em um lugar seguro e um chá que cure a ressaca.

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc