Dia Mundial Sem Carros! (por Antonio Samarone)

Antonio Samarone, 18 de Setembro, 2020

Desconheço a programação do “Dia Mundial Sem Carros” em Aracaju, em 2020, que será em 22 setembro, início da primavera no Hemisfério Sul, que vai do equinócio de setembro ao solstício de dezembro.

Não sei se alguém lembra desse simbolismo - “Dia Mundial Sem Carros”. A luta por uma mobilidade sustentável. O passado foi ontem, mas já é passado. Os problemas só existem quando são notados, quando existe uma consciência crítica sobre eles.

Por Lei, a semana de Segurança no Trânsito vai de 18 a 25 de setembro e começa hoje. O lema desse ano: “Perceba o risco, proteja a vida”, um enfoque centrado na pessoas, como se a segurança no trânsito dependesse apenas da atenção individual.

O Brasil é o quarto país com maiores índices de morte por acidente de trânsito no mundo, perdendo apenas para a China, Índia e Nigéria.

Em 2018, O Brasil teve uma taxa de 23 óbitos por cem mil habitantes. No Brasil, uma pessoa morre a cada 15 minutos, em decorrência do trânsito. A cada dois minutos uma pessoa é sequelada.

Em 2018, mais de trinta e três mil pessoas perderam a vida no Brasil, por causa do trânsito. Já foi pior, em 2012, foram quarenta e seis mil óbitos.

Esse ano (2020), com a Pandemia, esses números caíram, por razões óbvias. Ainda estão sendo apurados.

Segundo o DETRAN, Em Sergipe, em especial na capital, os acidentes de trânsito tiveram altos índices de janeiro a agosto de 2020, durante a pandemia e o isolamento social.

Segundo dados da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTRAN), de janeiro a agosto de 2020, foram registrados 481 acidentes, com 18 mortes. Em 2019, em condições normais de circulação, foram registrados 535 acidentes e 19 mortes.

Quem quiser que entenda as coisas em Sergipe.

Uma mobilidade segura depende do modelo de transporte adotado, condições de caminhabilidade urbana, segurança das vias, estágio de cidadania da sociedade, vigilância do poder público, educação dos condutores e das tecnologias incorporadas aos veículos. Se tem investido apenas nesse último item.

Duas tecnologias estão chegando para os automóveis: os carros elétricos e os carros autônomos.

Os carros autônomos prescindem de motorista, do elemento humano. Os erros serão insignificantes. A tecnologia eliminará de vez a desatenção e a irresponsabilidade dos motoristas, sem precisar educá-los. O número de acidentes despencará!

Os carros autônomos estão à espera do 5G, tecnologia que a China saiu na frente e que a Huawei domina. O Brasil está na iminência de leiloar essa tecnologia entre a sueca Ericsson, a finlandesa Nokia e a sul coreana Samsung.

Na recente guerra fria, os USA está pressionando o Brasil para não permitir que a chinesa Huawei participe do leilão. A tecnologia da empresa chinesa é 1,5 vez mais rápida que a de seus concorrentes e os seus equipamentos consomem 30% a menos de energia. E é bem mais em conta.

A tecnologia 5G surge como um aperfeiçoamento da geração anterior e promete manter tudo conectado ao mesmo tempo, não apenas os computadores e celulares, mas também TVs, geladeiras, carros, máquinas de lavar, câmeras de segurança. É o que foi batizado de internet das coisas, com uma velocidade de até 20 vezes.

A tecnologia 5G fará uma revolução na mobilidade?

Sobre a Semana do Trânsito, desconheço a programação da Prefeitura de Aracaju. Deve ser por conta da Pandemia. Quem souber me avise.

Antonio Samarone (médico sanitarista)

O que você está buscando?

google.com, pub-6631948018904522, DIRECT, f08c47fec0942fa0