Loucos e Insanos na Província de Sergipe. (por Antonio Samarone)

Antonio Samarone, 07 de Janeiro, 2021

O Hospital Adauto Botelho foi construído para receber os 85 pacientes da Colônia Eronides Carvalho, que estava desabando. Com o tempo, o Adauto chegou a abrigar mais de 500 pacientes.

Em setembro de 1959, o Governador Luiz Garcia inaugurou a ala de neuropsiquiatria infantil do Hospital Aduato Botelho, construída com recursos próprios.

Na ocasião, estiveram presentes, além do Governador, o Bispo Don José Vicente Távora, o Diretor do Serviço de Assistência a Psicopatas, o Dr. Renato Mazze Lucas, e o Inspetor Federal do Serviço Nacional de Doenças Mentais, o Dr. Hercílio Cruz.

Os discursos destacaram a importância da transferência dos pacientes da Colônia Eronides Carvalho para o Adauto, de forma provisória, para iniciar as reformas da citada Colônia.

A partir de 1960, a transferência tornou-se definitiva e a Colônia foi desativada.

Discursando durante essa solenidade, o Dr. Renato Mazze Lucas afirmava:

“A Colônia Eronides Carvalho já nasceu velha. O que presenciamos foi o agravamento da situação dos internos, não só pelas condições precárias das instalações, como pelo aumento sensível da população psiquiátrica”.

Prosseguiu o Dr. Renato:

“Em maio de 1957, quando em viagem de inspeção, veio à Sergipe o Professor Lysânias Marcelino da Silva, Diretor do Serviço Nacional de Doenças Mentais, teve ocasião de dizer ao sair de um dos pavilhões: - a Colônia não existe”.

“O Governador Luiz Garcia cumpriu a palavra, ao criar as condições para a transferência dos desditosos internados da Colônia e permitir um tratamento mais humano e cristão”

Em 01 de setembro de 1962, foi inaugurada a Clínica Santa Maria. Inicialmente com 50 leitos, numa área de mais de 4.000 m2, localizada na rua Espírito Santo nº 85, de propriedade do Dr. Hercílio Cruz.

A primeira Clínica Privada em Sergipe, atuava no campo da Saúde Mental.

Era uma unidade especializada no atendimento de pacientes portadores de moléstias mentais e nervosas, alcoolismo, epilepsia, psicose periódica, paralisia geral, delírio episódico, demência senil, debilidade mental, esclerose cerebral, sífilis cerebral e psicose dos degenerados.

Possuía também local para a prática de desportos e recreação, cinema e sala de música, ou seja, a estrutura adequada para a ludoterapia. A assistência religiosa ficava a cargo do Frei Faustino.

A Clínica Santa Maria, em Aracaju, oferecia os Serviços de:

1. Oxigenoterapia e Ergoterapia;

2. Terapia Ocupacional, de acordo com o nível intelectual e aptidões dos pacientes;

3. Narcoanálise, com o tio-nembutal, método empregado na cura das neuroses pós-traumáticas, nas simulações e nas chamadas neuroses de renda (muito comum nos segurados da Previdência Social;

4. Convulsoterapia, pelos métodos de Von Meduna e Eletrochoque;

5. Insulinoterapia, pelo método de Sakel;

6. Piretoterapia, empregada contra a neuro-sífilis;

7. Impregnação, método moderníssimo, usando ora o tementil ora majeptil;

8. Psicoterapia.

Em Sergipe, a rede privada em Saúde começou pela Psiquiatria, oferecendo uma terapêutica moderna. A Clínica Santa Maria também funcionava como uma Clínica de Repouso.

Antonio Samarone (médico sanitarista)

O que você está buscando?