A Pandemia levou mais um médico sergipano. (por Antonio Samarone)

Antonio Samarone, 02 de Maio, 2021 - Atualizado em 02 de Maio, 2021

O Dr. Carlos Alberto Oliveira de Santana (Bebê Jonhson), era sergipano de Aquidabã, radicado há muito tempo em Serra Negra, sertão da Bahia.

Quando despertei para a luta social, o Bebê Jonhson era o Presidente do Diretório Acadêmico Augusto Leite, na Faculdade de Medicina de Sergipe.

Ingressei no Movimento Estudantil, participando de uma chapa liderada pelo Dr. Edilberto Marques, (filho do revolucionário Burguesia), na sucessão de Bebê Johnson no Diretório.

Bebê Jonhson tinha sucedido a Carlos Umberto (o Dr. China), no Diretório Acadêmico Augusto Leite. Eram tempos difíceis, o Decreto 477, vigorava plenamente.

Depois a UFS extinguiu os Centros Acadêmicos por curso e criou Diretórios por Centros. Aí já é outra história. Visava enfraquecer o Movimento Estudantil que renascia.

Bebê Jonhson era um colega pacato, meio caladão, e não nutria simpatia pelo modelo de movimento estudantil que a esquerda acreditava.

Fiquei com uma boa lembrança dele.

Descanse em Paz, Dr. Carlos.

O que você está buscando?